MSC Grandiosa e MSC Magnifica

Em uma coletiva de imprensa realizada hoje (03) na Itália, o CEO da MSC Cruzeiros, Gianni Onorato, revelou todos os detalhes do protocolo abrangente de saúde e segurança da Companhia, que foi desenvolvido para apoiar o reinício das operações no Mediterrâneo, projetado para proteger a saúde e a segurança dos hóspedes, da tripulação, bem como das comunidades locais onde os navios da Companhia visitarão.

A MSC Cruzeiros tem trabalhado em estreita colaboração com as diferentes autoridades nos países onde os navios da Companhia farão escalas para desenvolver um abrangente protocolo.

Uma força-tarefa dedicada, com a colaboração e o apoio de especialistas médicos externos, desenvolveu um protocolo robusto com novos procedimentos operacionais específicos da MSC Cruzeiros, que vão além das diretrizes regionais e nacionais vigentes e estabelecem efetivamente um novo padrão. Além disso, a RINA, uma corporação de certificação marítima independente, verificou que o protocolo atende às diretrizes da Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA), que incorpora padrões de saúde adicionais, incluindo os da EU Healthy Gateways Joint Action.

A MSC Cruzeiros desenvolveu procedimentos operacionais abrangentes, que tem como base as medidas de saúde e segurança já rigorosas que há muito tempo estão em vigor a bordo dos navios da Companhia.

Os novos procedimentos incluem testes universais de COVID-19 para todos os hóspedes e tripulantes antes do embarque, visitas em terra protegidas em cada destino apenas com uma excursão da MSC Cruzeiros, como nível de proteção adicional para os hóspedes, e a apresentação de um Plano de Proteção à COVID para maior tranquilidade dos hóspedes. Com todas essas medidas em vigor, a MSC Cruzeiros visa oferecer aos hóspedes as férias mais seguras possíveis.

A MSC Cruzeiros trabalhou para abranger todos os aspectos da jornada do hóspede, desde o momento da reserva até o embarque, a vida a bordo e até o retorno de volta para casa, preservando a singularidade da sua experiência.

Reinício com itinerários no Mediterrâneo

A MSC Cruzeiros está se preparando para um possível reinício neste verão do hemisfério norte no Mediterrâneo, que devido ao desenvolvimento atual da pandemia e de suas atrações turísticas, é onde os hóspedes da Companhia desejam que os navios façam seus cruzeiros. Portanto, enquanto a Companhia aguarda as aprovações finais necessárias, dois navios da MSC Cruzeiros estão sendo preparados – o novo navio MSC Grandiosa e o popular MSC Magnifica. O MSC Grandiosa oferecerá cruzeiros de 7 noites no Mediterrâneo Ocidental e o MSC Magnifica navegará no Mediterrâneo Oriental. As datas exatas de partida serão determinadas de acordo com as diretrizes recebidas pelas autoridades competentes. Os itinerários que estão planejados incluem Grécia e Malta, onde as autoridades não apenas reabriram seus portos para cruzeiros, como também aprovaram o protocolo de saúde e segurança que irá apoiar nosso reinício das operações.

Nesta fase inicial da retomada das operações, os dois navios da MSC Cruzeiros que operarão no Mediterrâneo na atual temporada de verão do hemisfério norte, receberão inicialmente apenas hóspedes residentes nos países do Espaço Schengen[1]. Além disso, os itinerários foram projetados de acordo com a acessibilidade dos portos, reduzindo, onde possível, a necessidade dos hóspedes usarem transportes públicos ou voos e foram planejados em conjunto com as autoridades.

O protocolo operacional abrangente e aprimorado de saúde e segurança da MSC Cruzeiros visa estabelecer um novo padrão

Tendo estabelecido uma força-tarefa multifuncional composta por especialistas internos nas áreas de Serviços Médicos, Saúde Pública e Sanitização, Serviços de Hotelaria, HVAC e outros Sistemas de Engenharia de Navios, Tecnologia da Informação e Logística, a MSC Cruzeiros contratou o principal provedor global de saúde Aspen Medical para ajudar ainda mais no desenvolvimento do protocolo e procedimentos operacionais. Além disso, foi criado o Grupo Blue-Ribbon de Especialistas em COVID – um painel de especialistas altamente qualificados e respeitados internacionalmente para informar e revisar as iniciativas da Companhia para garantir que as ações tomadas sejam apropriadas, eficazes e baseadas nas melhores práticas científicas e de saúde disponíveis.

Combinando novos dados e pesquisas sobre a COVID-19, uma melhor compreensão do vírus e como ele se comporta, com a tecnologia mais recente de triagem e proteção das pessoas contra possíveis contágios, o novo protocolo operacional foi projetado para prevenir e mitigar o risco de transmissão durante uma viagem com a MSC Cruzeiros. Ele inclui os seguintes pilares em termos de medidas de prevenção e planejamento de resposta:

  1. Triagem universal de saúde dos hóspedes antes do embarque, que compreende três etapas abrangentes: verificação da temperatura, questionário de saúde e teste swab para COVID-19. Dependendo dos resultados da triagem e de acordo com o histórico médico ou de viagem do hóspede, será realizada uma triagem de saúde ou teste secundários. Qualquer hóspede que testar positivo, apresentar sintomas ou temperatura, terá o embarque negado. Seguindo as diretrizes do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças, os hóspedes que viajam de países classificados como de alto risco deverão fazer um teste RT-PCR molecular, que deve ser realizado dentro de 72 horas antes de embarcar no navio. Todos os tripulantes serão testados para a COVID-19 antes do embarque e também regularmente durante o contrato;
  2. Medidas elevadas de higienização e limpeza apoiadas pela introdução de novos métodos de limpeza, com o uso de produtos desinfetantes de nível hospitalar e pela higienização do ar a bordo com a tecnologia de luz UV-C, que mata 99,97% dos micróbios;
  3. distanciamento social será possível por meio da redução da capacidade geral de hóspedes a bordo, permitindo mais espaço para os hóspedes, aproximadamente 10m2 por pessoa, com base em 70% da capacidade. A capacidade dos ambientes será reduzida, as atividades serão modificadas para permitir grupos menores e os hóspedes deverão reservar previamente serviços e atividades para o gerenciamento do número de hóspedes. Quando o distanciamento social não for possível, os hóspedes deverão usar uma máscara facial, por exemplo, nos elevadores. As máscaras serão fornecidas diariamente aos hóspedes na cabine e estarão disponíveis em todo o navio.
  4. Instalações e serviços médicos aprimorados, com equipe altamente qualificada e treinada, equipamento necessário para testar, avaliar e tratar pacientes com suspeita de COVID-19 e a disponibilidade de tratamento gratuito no Centro Médico a bordo para qualquer hóspede com sintomas. Cabines dedicadas serão disponibilizadas para permitir o isolamento de quaisquer casos suspeitos e contatos próximos.
  5. O monitoramento contínuo da saúde será realizado durante todo o cruzeiro. Os hóspedes e a tripulação terão sua temperatura verificada diariamente, quando retornarem de terra ou em estações dedicadas pelo navio, para monitorar o status de saúde de cada hóspede e tripulante. Durante esta fase inicial das operações, como uma medida reforçada de proteção e para evitar riscos à saúde dos hóspedes e de seus acompanhantes de cruzeiro, os hóspedes só desembarcarão fazendo parte de uma excursão organizada pela MSC Cruzeiros. Isso significa que a Companhia pode proteger a saúde dos hóspedes em terra, com excursões que serão oferecidas com os mesmos altos padrões de saúde e segurança a bordo. Garantiremos que os transfers estejam higienizados adequadamente e que haja espaço adequado. Os guias e motoristas também serão submetidos a triagem de saúde e usarão o EPI apropriado.
  6. Um plano de contingência será aplicado se um caso suspeito for identificado, em estreita cooperação com as autoridades nacionais de saúde. O caso suspeito e os contatos próximos seguirão as medidas de isolamento e podem ser desembarcados de acordo com as regulamentações locais e nacionais.

Do momento em que um hóspede começa a planejar e a reservar seu cruzeiro, até o momento em que volta para casa, a MSC Cruzeiros avaliou todos os pontos de contato de suas férias para implementar as medidas adequadas de saúde e segurança. Os hóspedes receberão apoio em todas as etapas, com informações simples, condições de reserva claras, informações práticas e apoio da tecnologia para tornar o processo suave e contínuo.

A MSC Cruzeiros apresentou um novo Plano MSC de Proteção à COVID-19para proporcionar aos hóspedes mais tranquilidade durante os cruzeiros de verão do hemisfério norte, para os hóspedes que são residentes em países do Espaço Schengen. Isso cobrirá o hóspede se ele for infectado antes da partida e não puder viajar, durante o cruzeiro com despesas médicas, e após o cruzeiro, se o hóspede ficar doente. Além disso, os hóspedes também devem escolher sua cobertura habitual de seguro de viagem e de saúde.

Um procedimento de embarque reformulado com processos de check-in digital foi implementado para tornar o processo mais contínuo e sem contato, com os horários de chegada definidos para gerenciar o fluxo de hóspedes. As medidas de saúde e segurança no terminal de cruzeiros atenderão aos mesmos altos padrões das medidas aplicadas a bordo. Os hóspedes serão submetidos a um teste swab para COVID-19, verificação de temperatura e uma triagem com um questionário de saúde que garantirá que o hóspede esteja saudável e elegível para viajar. Se forem necessárias verificações adicionais, estas serão realizadas pela equipe médica e, se necessário, poderá ser realizado um teste adicional para COVID-19.

Em terra, os hóspedes poderão aproveitar os diferentes destinos que os navios visitam, mas isso será apenas como parte de uma excursão organizada pela MSC Cruzeiros, que será oferecida com os mesmos altos padrões de saúde e segurança a bordo. Ao tomar essa decisão, a Empresa pode garantir que todos os aspectos do período do hóspede em terra atendam aos padrões adequados de saúde e higiene, desde garantir que os transfers sejam higienizados adequadamente, que guias e motoristas estejam usando EPIs e que os locais a serem visitados foram verificados para garantir a existência de áreas reservadas para os hóspedes da MSC Cruzeiros nas atrações.

A tecnologia centrada no hóspede sustenta as medidas de saúde e segurança

As medidas de saúde e segurança da MSC Cruzeiros são sustentadas pela tecnologia líder centrada no hóspede, para viabilizar uma experiência sem contato, e fornecer aos hóspedes informações importantes e relevantes como e quando precisarem.

Os hóspedes a bordo dos dois navios terão o aplicativo MSC for Me que suportará e facilitará as novas medidas de saúde e segurança. O aplicativo pode ser usado para reservar serviços antes e durante o cruzeiro, além de gerenciar suas atividades diárias a bordo e como uma fonte de informações.

Adicionalmente, a bordo do MSC Grandiosa, todos os hóspedes e tripulantes receberão uma pulseira MSC for Me, que facilita as transações sem contato por todo o navio, além de fornecer rastreamento de contato e proximidade.

Um novo Centro de Informações, acessível por telefone, permitirá que os hóspedes liguem para o Atendimento ao Cliente para obter informações, em vez de precisar ir pessoalmente ao balcão.

Uma experiência rica e agradável a bordo

Os hóspedes continuarão a desfrutar das experiências ricas que sempre foram essenciais nas viagens a bordo da MSC Cruzeiros, incluindo shows premiados no teatro, gastronomia de classe mundial, atividades para famílias, compras em lojas, eventos envolventes e muito mais, mas com algumas mudanças e adaptações para garantir que a saúde e segurança estejam protegidas.

  • As atividades e o entretenimento a bordo foram redesenhadas para permitir grupos menores e os hóspedes devem fazer a reserva antecipadamente. Um rico programa de atividades estará disponível durante todo o cruzeiro, incluindo eventos temáticos, jogos divertidos, shows de talentos, fitness, dança e muito mais.
  • Atividades premiadas para crianças e game shows ao vivo para as famílias estarão disponíveis todos os dias. Novos espaços a bordo serão reservados para as crianças e adolescentes, pois as áreas dedicadas operarão com capacidade reduzida. Os pais em excursão ainda poderão deixar as crianças com a equipe dedicada, fazendo a reserva com um dia de antecedência. O almoço e o jantar com a equipe ainda ocorrerão, bem como as atividades infantis mais populares, como MasterChef At Sea JuniorsMSC Dance Crewgame show para famílias da websérie Cabin 12006 e a experiência LEGO.
  • A MSC Cruzeiros continuará a oferecer uma ampla variedade de entretenimento ao vivo por todo o navio. Como a capacidade do teatro será reduzida para garantir o distanciamento social responsável, a programação do entretenimento será adaptada para que todos os nossos hóspedes ainda possam desfrutar de uma grande variedade de shows premiados.
  • Restaurantes, bares e lounges permitirão o distanciamento social e todas as refeições e bebidas serão servidas aos hóspedes em suas mesas. O restaurante buffet oferecerá um novo conceito de serviço e um novo fluxo de hóspedes para garantir o distanciamento social. Em vez de self-service, os hóspedes selecionarão o que desejam e a comida será servida no prato e entregue a eles para ser levada para a mesa, e garantir que o mais alto nível de medidas de saúde e higiene sejam seguidas. Para uma experiência sem contato, os hóspedes poderão acessar os menus dos restaurantes e bares em seus dispositivos móveis pessoais, digitalizando um QR code.

Grupo Blue-Ribbon de Especialistas em COVID da MSC Cruzeiros

O Grupo de Especialistas em COVID da MSC Cruzeiros reúne os seguintes especialistas altamente qualificados e respeitados internacionalmente nas áreas de Medicina, Saúde Pública e/ou disciplinas científicas relacionadas:

  • Professor Christakis Hadjichristodoulou, Professor de Higiene e Epidemiologia, da Faculdade de Medicina e Vice-presidente, Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade de Tessália, na Grécia;
  • Professor Stephan J. Harbarth, Epidemiologista Hospitalar, Especialista em Doenças Infecciosas e Chefe do Programa de Gestão Antimicrobiana nos Hospitais da Universidade de Genebra (HUG) e Faculdade de Medicina;
  • Doutor Ian Norton, Médico Especialista em Emergência, com pós-graduação em Cirurgia, Saúde Internacional e Medicina Tropical, atualmente diretor da Respond Global, anteriormente chefe do programa de Iniciativa da Equipe Médica de Emergência da Organização Mundial da Saúde (OMS), até janeiro de 2020.

[1] Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Alemanha, Estônia, Grécia, Espanha, França, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Hungria, Malta, Holanda, Noruega, Áustria, Polônia, Portugal, Eslovênia, Eslováquia, Finlândia, Suécia e Suíça.

Para obter mais informações sobre as medidas de saúde e segurança, bem como sobre a experiência do hóspede, acesse aqui o nosso infográfico e o nosso vídeo.

Share This