Costa Amalfitana

Costa Amalfitana

Costa Amalfitana

Costa Amalfitana

Romance na Itália

A Costa Amalfitana é um destino de sonho e o número um dos casais apaixonados que visitam a Itália. Aqui, uma coisa é certa: o lugar deve ser explorado de mãos dadas com a pessoa amada. Próxima a Nápoles, a região compreende cerca de 60 quilômetros entre Sorrento e Salerno. A estrada costeira é uma passarela estreitíssima e cheia de curvas, esculpida, em boa parte, no precipício, mas de paisagem belíssima, num encontro perfeito entre a terra e o Mar Mediterrâneo.

Para aproveitar bem o destino, com tudo de melhor que ele tem a oferecer, vá entre os meses de maio a setembro, principalmente, maio, junho e setembro quando as temperaturas são mais agradáveis e as praias não são tão lotadas de turistas. Ao longo da estrada, entre o mar verde-esmeralda e a farta natureza, encontram-se nas encostas as quase 20 vilas que compõem a Costa, entre elas, as cidades históricas Amalfi (à beira do mar Tirreno) e Ravello (no alto da montanha), além de um lindo vilarejo que escorrega pela encosta até a praia: Positano. A região representa como poucas a famosa “dolce vita” italiana.

Para se deslocar entre uma cidade e outra, o ideal é alugar um carro. As distâncias são curtas, mas o caminho tortuoso e muitas vezes de mão dupla (!), pede cuidado redobrado. Mas, essa não é a única alternativa, pois existem linhas de ônibus que percorrem toda a Costa. O melhor aqui é montar pouso em uma única cidade e percorrer os outros locais durante dia – ida e volta.

A gastronomia da região é outro ponto altíssimo, com opções para todos os bolsos. Frutos do mar fresquíssimos, massas perfeitas e uma garrafa de vinho tinto – que não pode faltar. Durante todo o trajeto, você verá os enormes limões sicilianos por toda. Aproveite para experimentar o típico limoncello local.

A Costa Amalfitana é a Riviera Italiana. Conheça um pouco mais com o vídeo de Rick Steves, abaixo, explorando as belezas da região:

Para conhecer nos arredores:

Nápoles –  é a terceira cidade mais populosa da Itália, depois de Roma e Milão, e reúne as principais características do sul do país: boa gastronomia, belezas naturais, clima ameno, calor humano e caos (muito caos!). É uma das cidades mais antigas da Europa e uma das cidades portuárias mais importantes do Mediterrâneo. Destaca-se pela arquitetura e arte representadas em fortalezas, castelos, igrejas e palácios. Tem muita coisa bacana para fazer em Nápoles, mas mesmo se você tiver pouco tempo na cidade, não perca: o passeio à Pompéia (22 km de pura pizza napolitana). Imperdível!

Pompéia – considerada patrimônio mundial pela Unesco, Pompéia atualmente é um sítio arqueológico extraordinário que permite ao visitante uma visão detalhada da vida numa cidade do antigo Império Romano.  A cidade foi destruída durante uma erupção do vulcão Vesúvio e as cinzas soterraram o local que se manteve oculto por 1600 anos até ser reencontrado em 1748. Nos dois séculos seguintes, a cidade foi escavada por arqueólogos. Casas, prédios públicos, aquedutos, teatros, termas, lojas e outras construções foram encontrados preservados por conta da areia e lama que protegeram as construções do efeito do tempo. Atualmente, as ruínas do sitio arqueológico são visitadas por milhares de turistas do mundo todo.

Capri está ligada ao continente por linhas regulares de barco partindo de Nápoles e Sorrento, na Costa Amalfitana. A maioria dos viajantes opta por um bate e volta pela ilha. Mas para aproveitar tudo de bom que Capri tem a oferecer, separe uma ou duas noites para curtir o lugar como ele merece. E a ilha deve ser aproveitada de dia e à noite. É possível dar a volta no arquipélago de barco ou mesmo por terra (aqui vale a pena alugar uma motoneta). Mas não deixe de aproveitar os típicos ônibus laranja que parecem caixinhas de fósforo e nos deixam com coração na mão ao passar pelas estreitas ruas de mão dupla à beira do precipício. Explore tanto o lado de Capri e Anacapri com suas casinhas brancas que nos remetem às ilhas gregas e se deixe encantar pelo visual deslumbrante de todos os cantos da ilha.

O clima aqui é chique, mas não se sinta intimidado por conta disso. Nas suas vielas, há uma profusão de boutiques de marcas internacionais, lojas, ateliers, galerias, mercados de fruta e muita gente fina por ali. Mas este movimento não se verifica só em terra firme. Lanchas, iates e transatlânticos rodeiam a ilha ou congestionam a Marina Grande.

Pense bem antes de fazer o passeio para a famosa Gruta Azul. O acesso é bem difícil e para poucos sortudos. Entrar na gruta depende de tempo bom e da maré certa. Então, cuidado para não se frustrar.

Quer saber mais sobre esta experiência?

2 + 14 =

SE INTERESSOU?

Entre em contato pelos telefones:
(21) 3449-3545
(21) 3449-3551
ou pelo e-mail: atendimento@trip4u.com.br

Área Restrita

Agente de viagem, essa área é reservada para você:

Área Restrita

Seja um Franqueado

Baixe nossa apresentação.

Baixe Aqui
INFORMAÇÕES

Nosso escritório funciona de Seg. a Sex. de 9:00 às 18:00 Tel: (21) 3449-3545 | 3449-3551 E-mail: reservas@trip4u.com.br Facebook: trip4uviagens

ENDEREÇO

Centro Empresarial Mario Henrique Simonsen, Av. das Américas,3434 – bloco 2 sala 206 - Barra da Tijuca Rio de Janeiro-

 

SIGA-NOS

insta-trip-rev face-trip-rev twitter-trip-rev

Share This