Foto: Divulgação

Por Jornal Turismo&Eventos

Pizzas, massas, o glamour da moda de Milão, os românticos canais de Veneza e a religiosidade do Vaticano, o menor país do mundo. A bordo de um dos luxuosos navios-boutique da Uniworld, a mais premiada linha de cruzeiros fluviais de luxo do mercado que integra o grupo The Travel Corporation, é possível conhecer todas essas atrações a bordo de cruzeiros pela Itália, durante o mês de setembro, em três opções de rotas.

Todas elas – que variam de 8 a 15 dias de duração – incluem atividades a bordo e em terra (com variadas opções de passeios guiados) e toda a alimentação e bebidas ilimitadas a bordo (alcoólicas e não alcoólicas), característica peculiar da Uniworld que reforça o título de ser a única empresa de fluvial boutique do mundo a oferecer uma experiência seis estrelas. As refeições a bordo sempre trazem características do país visitado e são preparadas utilizando ingredientes locais.

Os dez dias de viagem da rota Gems of Northern Italy começa por Milão, conhecida como uma das capitais mundiais da moda, e inclui uma visita ao local que abriga a famosa tela “A Última Ceia”, de Leonardo Da Vinci. Em Veneza, os passageiros podem visitar lugares secretos frequentados apenas por moradores locais, além de conhecer a Basílica de São Marcos. Em Polesella, os passageiros devem escolher entre a culinária italiana – em Bolonha, com uma exclusiva aula de culinária da verdadeira pasta italiana – ou as artes em um tour renascentista na cidade de Ferrara, tombada pela Unesco. O cruzeiro conta, ainda, com visitas às ilhas venezianas de Burano, Mazzorbo e Torcello, que abrigam belos mosaicos da era bizantina.

Já o roteiro Venice & the Gems of Northern Italy dá mais destaque a Veneza, onde a viagem começa e termina oito dias depois. Uma das opções na cidade é fazer o passeio exclusivo a pé “Do asthelocals do” (ou “faça como os moradores locais”), o “Venetian painters at the Accademia”, que leva os passageiros em um tour acompanhado por um guia de história da arte, ou admirar a vista da cidade do topo do Fondaco dei Tedeschi.

Conhecida como “Pequena Veneza”, Chioggia é um vilarejo de pescadores fundado do século 5. Lá, os passageiros podem visitar o mercado de peixes – um dos maiores da Itália – e as feiras que vendem melões e beterrabas produzidos ali mesmo, antes de voltar para o almoço no navio.

Para aqueles que preferem uma viagem mais longa, o roteiro Splendor of Italy passa por Milão, Veneza, Verona, Chioggia, Polosella, Florença e Roma, entre outros lugares, ao longo de 15 dias.

Share This